background img

The New Stuff

Insatisfeitos com proposta de reajuste salarial, servidores da Embasa podem entrar em greve



Marcado no calendário Maia como o ano em que o mundo irá acabar, 2012 já pode ser classificado, sobretudo, como o ano das greves em Salvador. Após a paralisação dos serviços da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) e dos rodoviários no início de 2012, a capital baiana pode ser palco de mais uma manifestação de impacto. Trata-se dos servidores da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A (Embasa) que ameaçam suspender suas atividades por tempo indeterminado. 

Segundo informações dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente da Bahia (Sindae), o cenário de greve iminente é provocado pela intransigência da diretoria da Embasa nas negociações do acordo coletivo de trabalho deste ano.  Ainda conforme o Sindae, a empresa oferece 4,88% de reajuste salarial e dos benefícios de ordem financeira, valor esse abaixo da quantia oferecida para a categoria em outros estados. Mais de dez rodadas de negociações já foram realizadas entre os funcionários e os patrões, mas nenhum acordo foi firmado.  

Advertência

Trabalhadores da Embasa em Salvador e Região Metropolitana (RMS) realizaram uma paralisação de advertência nos postos de atendimento ao público. A manifestação durou até às 12h. Com a pausa das atividades, vários serviços deixaram de ser executados em todos os locais de atendimento na capital baiana.

Por Leonardo Martins

Popular Posts